Campo Mourão,
 
 
5/9/2019
COLORADO
Colorado: a capital paranaense do Rodeio



Quem chega à Colorado já é informado que alí é a "Capital do Rodeio". A cidade é referência no rodeio brasileiro, sendo a primeira (março) das cinco grandes Festas do Peão do calendário nacional. A arena onde são realizadas as competições conta com uma arquibancada com capacidade para 15 mil espectadores sentados, além de 40 camarotes e mais de 1.300 lugares nas cadeiras cativas. A primeira edição da festa aconteceu em 1974. O evento é realizado pela Sociedade Rural, e é considerado o maior do gênero no Paraná.




Colorado, que está a 180 quilômetros de Campo Mourão, tem 23 mil 879 habitantes dos quais menos de 3 mil moram na área rural. A maior área agrícola é de cana de açúcar com 18 mil hectares. Soja está presente em apenas 1.455 hectares. Destaque para a criação de bovinos e produção de leite. A cidade é sede de uma das maiores usinas de açúcar e álcool do Brasil, gerando a maior parte dos empregos do município. Um dos produtos é o Açúcar Alto Alegre.




Colorado começou a ser formada em 1948 quando a Companhia Colonizadora Imobiliária e Agrícola de Catanduva dividiu e demarcou os lotes rurais e urbanos. Era a época de ouro do café. Pessoas de todo o país principalmente do estado de São Paulo fixaram moradia no local. Em 1.954, foi elevado a município, deixando de pertencer a Jaguapitã.

Na cidade estão instaladas empresas de rede como Magazine Luiza, Ricardo Eletro e Romera.




O setor industrial de Colorado gera cerca de 4 mil empregos. No comércio estão empregadas mais 1.200 pessoas. A prestação de serviços emprega por volta de 1.600. Conta com agências do Banco do Brasil, Bradesco, Itaú e Caixa Ecônomica Federal. Em todo o município são 10 mil 400 ligações de energia elétrica, das quais 8.612 em residências no perímetro urbano.




A Paróquia é denominada de Nossa Senhora Auxiliadora e pertence a Diocese de Apucarana. Em população, Colorado está na posição 74 entre os 399 municípios do Paraná. No setor econômico ocupa o posto 219. O salário médio de 2,5 mínimos, situa-se entre os 30 maiores do estado. Quase 70 por cento da cidade tem rede de esgoto. O nome da cidade foi ideia da colonizadora.

O centro cidade tem grande movimentação de jovens aos finais de semana. São vários bares e opções de gastronomia.



voltar