Campo Mourão,
 
 
28/10/2019
DOIS VIZINHOS
Dois Vizinhos: muitas indústrias e desenvolvimento



Na principal praça de Dois Vizinhos, um monumento relembra a "Revolta dos Posseiros". Foi um levante realizado por colonos e posseiros armados iniciado em 10 de outubro de 1957 como forma de repúdio aos sérios problemas de colonização da região que se estabeleceu entre posseiros, colonos, companhias de terras grileiras, e os governos federal e estadual.

A cidade de Dois Vizinhos está localizada a 336 quilômetros de Campo Mourão por rodovia ou 203 km em linha reta. Entre os 399 municípios paranaenses ocupa a posição 44 em população com 40 mil 641 habitantes. Em economia está em 73º. Metade da cidade tem rede de esgoto.

A cidade conta com estacionamento rotativo por parquímetro ou aplicativo. Mesmo pagando, o tempo máximo para ficar em uma mesma vaga é de duas horas. O estacionamento rotativo vigora de segunda à sexta das 9h às 17h e aos sábados das 9h às 12h. É preciso atenção ao dirigir por lá. Tem radares, semáforos, vias de mão única e vias exclusivas para conversão à direita ou a esquerda.




Graças a empresa Sadia, hoje BRF, Dois Vizinhos conquistou em 2005, o título de Capital Nacional do Frango. A BRF é o maior abatedouro de aves da América Latina e o município é lider nacional na produção de frangos. Além disso, produz 15 milhões de ovos por mês. São nada mais nada menos que 1.204 aviários e cerca de 20 empresas que atuam em parceria com a BRF.




Dois Vizinhos tem mais de 150 indústrias de vários setores como têxteis, máquinas industriais, móveis e alimentos. No total eles empregam mais de 3 mil pessoas. Em torno de 40 por cento do PIB do município é oriundo do setor industrial. Além da Sadia/BRF, também opera na cidade a empresa Miolar que abate bovinos e suínos. É sede da COASUL, cooperativa agroindustrial, com mais de 1.700 associados.




Dois Vizinhos tem esse nome por causa de um rio que passa pelo município. Até o começo de 1950 só era possível chegar lá por cavalo ou pelo rio. Em 1953 foi elevado a distrito e em 1960 ganhou a condição de cidade. A instalação ocorreu em 28 de novembro de 1961, com a posse do primeiro prefeito. Quem nasce lá é denominado de "duovizinhense".




Dois Vizinhos conta com campus da UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná). O local onde surgiu a universidade era um Colégio Agrícola que iniciou as atividades em 1997. Em 2001 foi incorporado ao Sistema CEFET. Em 2005, o CEFET em todo o Paraná foi transformado em UTFPR.




Entre os cursos oferecidos pela UTFPR de Dois Vizinhos estão: Agronomia, Engenharia de Software, Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia, Engenharia Florestal, Licenciatura em Ciências Biológicas e Zootecnia. Na cidade também atua a Faculdade particular Unisep com 11 cursos de gradução e 3 de pós graduação. Tem ainda a Escola do Senai.




Dois rios cruzam a cidade e um deles é utilizado na captação de água para abastecimento.

A principa festa é a Expovizinhos, realizada no Parque de Exposições, entre o final de novembro e começo de dezembro. Conta com shows nacionais, mas é preciso pagar pelo ingresso.

O prato típico é o "Leitão a Dois Vizinhos", que geralmente é servido na Expovizinhos.

A cidade participa da Série Ouro do Futsal, e já teve um time no Paranaense de Futebol. Prato tipico Leitão a Dois Vizinhos.

Saiba que a Cooperativa de Crédito Cresol nasceu em Dois Vizinhos no dia 24 de junho de 1995.




Dois Vizinhos dispõe de uma ótima rede hoteleira. O da imagem acima é o Hotel Lago Dourado que fica em frente ao Lago Municipal. Outra opção é o também 4 estrelas "Dois Vizinhos Palace Hotel". Outras dicas são os Hoteis Requinte e Silver Gold.




É estranho, mas em Dois Vizinhos existem dois centros: centro sul (foto acima) e centro norte. O centro norte é onde estão as agências bancárias, principais lojas e o maior movimento. (ver fotos da cidade publicadas acima).




Em cada um dos centros da cidade tem uma paróquia. A da imagem acima é a primeira, localizada no centro norte, denominada de Santo Antônio de Pádua, localizada na Praça Ari Jaime Muller.




No chamado "centro sul" está a paróquia Imaculada Conceição, criada em 1978, e cujo templo foi inaugurado em 1985.



voltar