Campo Mourão,
 
 
19/3/2020
NOVA OLÍMPIA
Nova Olímpia: é "nova" porque mudou de lugar !!



Nova Olímpia é uma cidade do Noroeste do Paraná, localizada a 117 quilômetros de Campo Mourão. Quem nasce lá é "novaolimpiense". O município tem 5.806 habitantes, ocupando a posição 285 entre os 399 do Paraná. O salário médio (1,6 mínimos), é considerado como um dos menores do Estado. A taxa de escolarização de crianças entre 6 a 14 anos é de 99 por cento. Em economia é o 394º do Paraná.




Trafegando pelo centro de Nova Olímpia, fica a sensação que a cidade é maior que os dados oficiais. Mas tem uma explicação: a parte principal do perímetro urbano é no formato de "teia de aranha", ou de dois hexágonos. Se você entrar por exemplo na rua Amazonas e seguir por ela, acabará retornando ao ponto de partida. O mesmo ocorre com as demais que vão diminuindo de extensão até chegar na rotatória central em forma de octógono com 93 metros. É uma cidade projetada com a utilização da geometria.




Quando visitamos Nova Olímpia, no início de janeiro de 2020, notamos uma cidade bem cuidada e com enfeites natalinos, inclusive fora do chamado centro. Tem boa arborização pública, quase 70 por cento da cidade é asfaltada, mas fica a desejar em rede de esgoto que é de apenas 5 por cento.




O principal ponto de encontro em Nova Olímpia é o Parque Municipal. O Lago com pista de caminhada está localizado em outra área a 400 metros dali. Geralmente em cidades menores tudo fica concentrado em um só espaço. O aniversário do município é no dia 13 de novembro. Até 1968 foi distrito de Cidade Gaúcha.




José Milani, 81 anos, é pioneiro de Nova Olimpia. Oriundo do Estado de São Paulo, chegou por lá, quando o município ainda era distrito, atraído pela era de ouro do café. Atuava como cerealista. Com a geada negra que dizimou os cafezais em 1975, os negócios acabaram. Ele conta que muita gente deixou a cidade, mas que preferiu ficar. Passou a atuar como comerciante. Atividade que exerce até hoje com os filhos.




A área de terras onde está Nova Olímpia, foi entregue pelo governo em 1927, ao construtor de estradas Geniplo Pacheco, como forma de pagamento. Em 1947 o filho dele, Moacir Pacheco, criou a Colonizadora do Paraná Ltda.

CURIOSIDADE - O colonizador Moacir, denominou o início do núcleo populacional como "Olímpia" em homenagem à sua mãe. Mas o local em que tudo começou não desenvolvia. Então, no começo dos anos 50, ele decidiu transferir o patrimônio às margens da antiga estrada que ligava Tapira a Cruzeiro do Oeste. Contratou o engenheiro Osvaldo Formighieri que desenvolveu a planta da cidade e decidiu dar o nome de "Nova Olímpia"...




Nas comemorações do aniversário é realizada a Expo Nova Olímpia com shows nacionais, festa do peão, praça de alimentação e parque de diversões. Os shows acontecem na arena de rodeio e são cobrados.

A Paróquia Bom Jesus pertence a diocese de Umuarama.




Nova Olímpia não tem Banco do Brasil e nem Caixa Econômica Federal. Conta com uma agência bancária privada. Também não tem emissora de rádio. Na cidade 2.166 imóveis estão cadastrados como residenciais. Conta com cerca de 120 empresas comerciais. A maior área plantada é com cana de açucar e mandioca. Apenas 200 hectares são ocupados com soja.



voltar