Campo Mourão,
 
 
29/3/2020
PÉROLA
Pérola: um dos maiores produtores de jeans do Brasil



Pérola está localizada no Noroeste do Paraná, a 157 quilômetros de Campo Mourão. Logo na entrada da cidade fomos surpreendidos pela construção de um grande portal (JAN-2020). O município tem 11 mil 234 moradores, e segundo o IBGE a população aumenta a cada ano.




O novo portal substituirá o antigo, e vai antecipar em 700 metros, os votos de "boas vindas", para quem chega à Pérola pela PR-485. É um município que vai bem na educação básica. Lá quase 100 por cento das crianças entre 6 e 14 anos concluíram o ensino fundamental.




Em Pérola está sediada a indústria Oppnus Jeans. A empresa grandiosa produz mais de 1 milhão e 500 mil peças por mês e tem o shopping atacadista na cidade para revenda das várias marcas que produz. O local é dotado de algumas empresas como farmácia e lanchonete para atender aos compradores de todo o Brasil. A iniciativa foi do empresário Cleberson Boloto. Quando criança seus pais trabalhavam em pequenas confecções no município.




Além do shopping em Pérola (foto acima), o grupo Oppnus conta com empreendimentos em outras cidades e é responsável pela geração de quase 15 mil empregos. Entre as marcas produzidas e comercializadas no atacado pelos shoppings da rede, estão Cacau, República, Jeans.com, Empório, Oppnuns e All Denin. Detalhe é que por toda a cidade de Pérola, estão espalhadas pequenas empresas e até famílias (em casa), que fabricam acessórios e acabamentos para a Oppnus.




Pérola é uma cidade com boa sinalização de trânsito, incluindo semáforos e placas informativas sobre locais e até a direção de alguns bairros. A avenida principal é a Celso Ramos (foto). A via tem 3 quilômetros e corta toda a cidade. Por ter grandes empresas de confecções o município figura entre os 52 mais ricos do Paraná.




Em alguns cruzamentos perigosos a esquina é mais elevada. É uma lombada que ocupa todo o cruzamento. A cidade é bem arborizada. Um dos pontos negativos é que Peróla tem apenas 16 por cento de rede coletora de esgoto. Na prefeitura nos informaram que o sistema será ampliado a partir de 2020.




As praças da cidade ficam em quatro grandes rotatórias ao longo da Avenida Principal. O nome "Pérola", foi uma homenagem do dono da colonizadora e fundador Alberto Byington à sua mãe Pérola Ellis Byington. A cidade também é chamada de "Jóia".




Até 1968, Pérola foi distrito de Xambrê. O aniversário é comemorado no dia 12 de setembro com a realização de várias atividades entre elas a Expo Pérola, com Festa do Peão Profissional, em uma área especial para o evento.




Pelos dados oficiais da Secretaria da Agricultura, Pérola não tem nenhum hectare plantado com soja. A maior área é com mandioca (2.886 ha). As pastagens dominam o cenário rural com mais de 41 mil cabeças.




A Paróquia Nossa Senhora de Fátima pertence a Diocese de Umuarama. O templo é parecido com o de Araruna. Foi criada pelo então bispo de Campo Mourão, Dom Eliseu Simões Mendes. Umuarama ainda não era diocese. A igreja começou a ser construída em 1973 e foi concluída em 1974.




Pérola tem cerca de 4.500 imóveis residenciais, 288 empresas comerciais e 101 cadastradas como indústria. Conta com agência do Banco do Brasil e duas instituições privadas. A cidade tem uma emissora de rádio (87.9 FM). Pérola foi planejada e as duas extremidades da cidade tem formato arrendodado onde as ruas são em curva.



voltar