2/10/2020 - BRASILÂNDIA DO SUL -

Brasilândia do Sul: homenagem à Brasília



Brasilândia do Sul é um município da região de Umuarama e está localizado a 171 quilômetros de Campo Mourão. Pelo Censo de 2010, tinha 3.209 moradores, mas pela estivativa de 2020, a população atual é de apenas 2.585 habitantes, figurando entre os 30 menores do Paraná.





O índice de escolarização de crianças entre 6 e 14 anos é de 97,8 por cento. O salário médio mensal é de 2,2 mínimos. Embora pequeno, Brasilândia vai bem em economia. Por causa da agropecuária tem o 21º melhor PIB per capita do Estado. Apenas 1 por cento da cidade tem rede de esgoto.





Uma curiosidade é que a data de aniversário é móvel, ocorre 8 dias após a data de Corpus Christi. É para cair justamente no dia do padroeiro "Sagrado Coração de Jesus". As duas festas são realizadas ao mesmo tempo.





Uma das atividades de lazer mais praticadas é o futebol e a cidade tem um estádio caprichado de fazer inveja a municípios com muito mais habitantes. O nome do estádio é "Luiz Carlos Barbosa".





Brasilândia do Sul começou a surgir nos anos 50 quando agricultores gaúchos chegaram para a extração de madeira e plantio de café. O primeiro loteamento, por volta de 1960, foi batizado de Brasilândia em homenagem a Brasília, que também surgia naquela época. Até 1990 foi distrito de Alto Piquiri. O primeiro prefeito foi eleito em 92 e assumiu em janeiro de 93. O termo "Sul" foi incluído para se diferenciar de Brasilândia, um município do Mato Grosso do Sul, que já existia desde 1963.




Brasilândia do Sul tem cerca de 1.300 imóveis residenciais, em torno de 10 indústrias e um pouco mais de 90 empresas comerciais ou de prestação de serviços. Conta com uma agência bancária do sistema cooperativo. Tem uma emissora de rádio (Rádio T FM).



O Rio Piquiri está localizado a menos de 5 quilômetros da área urbana de Brasilândia do Sul. O Rio é divisa com o município de Assis Chateubriand. A ponte tem 215 metros de comprimento, mas tem um trecho entre os dois municípios em que o rio chega a quase 600 metros de largura.





A Paróquia Sagrado Coração de Jesus, em Brasilândia do Sul, pertence a diocese de Umuarama.




Quem nasce em Brasilândia do Sul é denominado de "brasilandiense". O município planta 20 mil hectares de soja e é servido por unidades de recebimento de grãos da Agropar, C. Vale e da Coamo Agroindustrial.



[ voltar ]